Campanha realizada no município de São Paulo alerta para o perigo das doenças renais

Responsáveis pela filtragem do sangue e eliminação das toxinas do organismo, os rins costumam ser lembrados apenas quando não cumprem bem suas funções. Nos casos em que há mau funcionamento persistente dos órgãos ocorrem as chamadas doenças renais crônicas, também conhecidas pela comunidade médica pela sigla “DRC”. Além disso, outras complicações de menores proporções também podem ocorrer quando não se dá a devida atenção à saúde dos órgãos.

As doenças renais podem atingir qualquer tipo de pessoa, ainda que esta não tenha um estilo de vida desregrado. Determinados grupos de indivíduos, contudo, apresentam maior propensão ao adoecimento desses órgãos. Pessoas que têm diabetes, são obesas ou ainda sofre com hipertensão correm, segundo a literatura médica, riscos maiores de complicações. As doenças renais crônicas são consideradas perigosas em virtude de não apresentarem sintomas em fases iniciais.

A cidade de São Paulo escolheu o dia 29 de agosto para a realização de uma campanha que visa conscientizar a população acerca da relevância de se prevenir este tipo de enfermidade. Trata-se do “Dia D da Diálise”. Dentre as atividades voltadas aos transeuntes, haverá uma série de palestras sobre o assunto, bem como a realização de alguns exames e a orientação por parte de profissionais especializados na saúde renal. Dois locais foram adotados para o evento: a área próxima ao Masp a estação Luz do Metrô.

Sob realização do ABCDT (Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante), a campanha de 2.019 recebeu a temática “Vidas importam”. Em 2.018 ocorreu a primeira edição do evento, em que mais de 40 municípios do país se engajaram na participação da campanha. Dentre os profissionais presente estiveram enfermeiros e médicos nefrologistas, ou seja, que são especializados na saúde dos rins.

A diálise se caracteriza por um processo que efetua as funções vitais dos rins em pacientes que tais órgãos apresentam funcionamento ineficiente. Um dos principais objetivos da campanha é alertar a população sobre meios de se diagnosticar precocemente doenças dessas naturezas, o que ofereceria alívio para as pessoas e diminuição do número de pacientes que necessitam passar por esse tipo de tratamento. Segundo notícias sobre o assunto, somente no território brasileiro mais de 120 mil pessoas precisam passar por diálise a fim de que possam sobreviver.

Saiba mais:

https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/saude/bem-estar/campanha-alerta-sobre-saude-renal-e-oferece-exames-gratuitos-em-sp,6d99ea3e4d5a27bfd974c2426bbacef5uwc2m5p6.html