Redação ética: etapas básicas

Bom trabalhar no mundo dos copywriting. Você é um escritor, mas não um simples escrevinhador: mova as massas com um título, aumente as conversões de um projeto mudando o assunto da newsletter.

Claro, essa é a ideia compartilhada. Todo mundo acredita que este é o mundo do copywriter. E todo mundo vê essa figura profissional como uma espécie de feiticeiro, um encantador de serpentes, um hipnotizador capaz de deixar Giucas Casella com inveja. O redator usa palavras para explorar a escuridão psicológica.

Além do fato de que o mundo da redação convincente é muito bem conhecido, não há técnicas obscuras: prova social, o princípio da escassez, benefícios, uso de números para comunicar a confiabilidade.

Você tem que abraçar o caminho de copywriting ético. Essa é uma escrita que explora os pontos fortes, apontando para o objetivo (conversões).

Você deve respeitar os leitores, concorda? Perfeito (eu acho que você disse sim), então vamos entrar em alguns pontos dedicados à redação ética: como escrever para as pessoas que você ama.

Testemunho – Esse é um testemunho para confirmar a qualidade de seu produto ou serviço. Os depoimentos acionam o mecanismo da prova social: acompanhar a massa e as opiniões daqueles que fazem uma escolha pública.

Acima de tudo, use um texto real e objetivo sem restrições. Normalmente, os depoimentos nascem graças a um pedido, mas você nunca deve insistir em testemunhos que sigam seus critérios. Deixe o depoimento falar naturalmente: não influencie. E acima de tudo, não modifique o texto.

Números – Os números são fundamentais, especialmente quando você os usa para comunicar confiabilidade e precisão. Eles funcionam bem com estatísticas, aqui está um exemplo: “73% dos usuários do Facebook clicam nos links”. A porcentagem comunica que existe um estudo na base, um suporte científico. Tão confiável.

Usar os números significa conhecer os números, contar ao artigo como eles foram coletados e em que ano se referem. Mas acima de tudo o que é a amostra examinada. Omitir, por exemplo, que 73% seja destinado a usuários em 2011 significa levar o leitor para um passeio.

Título das notícias – Aqui você toca a atenção do leitor nas redes sociais e uma boa porcentagem de cliques. Então você tem que trabalhar em um bom título. Mas acima de tudo, em um título justo e verdadeiro, ligado sem comprometer o conteúdo da página.