Quem é um gerente de TI e o que ele faz

O processo de criação de um produto de software geralmente envolve várias pessoas ou até mesmo uma equipe. O número de participantes e a complexidade do produto podem ser diferentes. Todo o processo de desenvolvimento de negócios deve ser dirigido por outra pessoa, caso contrário, o projeto sairá do controle e não será concluído. Ela está envolvida nesse negócio – gerente de TI.

Gerente de TI – trata do gerenciamento do departamento de desenvolvimento de produtos, planeja o processo de trabalho, determina os objetivos e requisitos do produto, monitora os prazos, juntamente com os desenvolvedores determina a implementação do produto, planeja junto ao departamento de marketing o conceito do produto, seu custo e promoção no mercado.

Como resultado, o gerente de TI está envolvido e participa de todas as etapas do desenvolvimento de software: desde o surgimento da ideia de criação até a promoção do produto ao mercado.

Quando é decidido exatamente como e por quem o projeto será desenvolvido, surge a questão sobre a organização do local de trabalho, as ferramentas necessárias e tudo o mais que possa ser necessário para um trabalho completo e contínuo.

O gerente fornece comunicação com a equipe de desenvolvimento, incluindo freelancers e outras empresas envolvidas. O gerente também pode ser responsável pela comunicação com os clientes ou com o cliente do produto, descobrindo requisitos ou esclarecendo quaisquer alterações.

Em geral, o gerente resolve todos os problemas organizacionais relacionados ao projeto e cria um ambiente de trabalho para a equipe.

A equipe é o componente mais importante no desenvolvimento de qualquer produto de software. Cada grande empresa tem seus próprios desenvolvedores, designers, profissionais de marketing, etc. Às vezes, por trabalhos realizados com pouca frequência, especialistas externos podem estar envolvidos. Se a empresa é pequena, os funcionários geralmente são atraídos de fora por um certo tempo, apenas na hora de criar o projeto e lançá-lo.

Nos ombros do gerente cai a tarefa de selecionar o especialista certo na equipe. A decisão de contratar qualidade e cara, ou barata, mas menos profissional, dependerá do projeto específico e das tarefas a serem executadas.

Ao implementar um produto de software, a confusão entre os membros da equipe é possível. Portanto, o gerente deve ser capaz de ajustar a atitude dentro da equipe para que os interesses pessoais não afetem o processo de trabalho.