Recomendações dos clientes: como escrever e onde colocar?

A jornada do comprador está ficando mais longa, os clientes respondem cada vez menos aos truques de publicidade e marketing e é mais difícil do que nunca obter sua confiança. O que fazer? Inspire confiança através de provas sociais e, em particular, notícias e recomendações.

Imagine que alguém está procurando seu produto, liga para o amigo e pede conselhos, e um amigo se oferece para entrar em contato com você. Esse comprador chega até você por recomendação. As recomendações dos clientes postadas em um site ou aterrissagem funcionam quase da mesma maneira, apenas essa comunicação não é entre amigos, mas entre um comprador e a massa.

Existem dois tipos de recomendações. O primeiro é o conteúdo gerado pelo usuário: em um blog ou em uma página de uma rede social, o comprador menciona o quanto ele ama seu produto. O segundo tipo de feedback aparece a pedido: você pergunta ao comprador o que ele pensa de você e ele responde.

Ambos os tipos de recomendações são úteis, mas onde colocá-los e como eles ajudarão sua empresa?

O que é uma recomendação? Uma recomendação de um cliente é uma revisão positiva e imparcial do seu produto, serviço ou empresa. O autor da recomendação já comprou algo de você e fala sobre como ele gostava de lidar com você.

Quando você publica uma recomendação em seu site ou página de destino, ela se torna pública: todos que pensam em uma compra podem lê-la e avaliar a utilidade dela. As recomendações podem ser curtas ou longas. Algumas empresas publicam recomendações de vídeo muito atraentes, outras postam fotos de clientes ao lado de críticas.

Ferramentas de rastreamento de comportamento – As ferramentas de rastreamento comportamental permitem monitorar o movimento dos usuários no site: você verá de onde eles vêm, quais páginas visitam, quais links clicam e como interagem com elementos interativos.

Por exemplo, o mapa de calor vai mostrar que parte dos usuários Landing são mais ativos. Observe também os cartões de rolagem para ver quando as pessoas começam e terminam a rolagem. Com base nesses dados, coloque as recomendações dos clientes nos lugares certos.

Portanto, se ninguém inspecionar esta ou aquela página até o final, colocar recomendações é inútil: ninguém as verá. Por outro lado, se você vir que os visitantes estão usando ativamente o menu lateral, adicione uma boa recomendação lá.

Como limpar o CRM

O CRM pode ser comparado ao gerenciador de desktop. Quando há muitas coisas estranhas e nada pode ser encontrado, isso reduz a produtividade do funcionário. Se existe um caos no sistema em que todo o departamento trabalha, as vendas sofrem diretamente com isso. Neste artigo, compartilharemos com você hacks de vida, como limpar o CRM e treinar gerentes para dar suporte a ele.

Por que manter o pedido no CRM – O CRM é um exemplo vívido de uma ferramenta projetada para simplificar os processos de negócios, mas se usada incorretamente, pode até prejudicá-los. Nunca ocorreria a alguém usar um carro sem trocar o óleo ou passar por uma inspeção regular. Portanto, os sistemas que a empresa utiliza todos os dias precisam de limpeza e organização periódica dos dados.

Tarefas criadas erroneamente ou atribuídas a gerentes aposentados, contatos duplicados – essa desorganização cria confusão. E parece que a empresa tem mais compradores em potencial do que realmente é. Nesse caso, você não poderá avaliar a eficácia do departamento de vendas e monitorá-lo.

Solução – As causas do caos no CRM podem ser condicionalmente divididas em externas – quando, durante o trabalho no sistema, transações / tarefas extras aparecem acidentalmente e internas – negligência dos gerentes. Desenvolvemos um sistema de controle que os combate de duas maneiras ao mesmo tempo:

Identifica transações para as quais existem defeitos;

Ensina os gerentes a manter a ordem no sistema por conta própria.

Sistema de controle – Agora vamos prosseguir para manter a ordem. Decida quais situações para o seu funil de vendas são críticas e indique os “cardumes” dos gerentes. Por exemplo, um funcionário não indicou a cidade no cartão do cliente – parece um pouco. Mas imagine que em metade das suas transações a região não esteja clara.

O profissional de marketing exporta as transações perdidas e ganhas no ano passado para entender quais moradores de quais regiões devem segmentar a publicidade de notícias contextuais. Mas ele tira conclusões incorretas – porque os dados estão incompletos. Como resultado, ele lança publicidade contextual em regiões irrelevantes e o orçamento é desperdiçado.

Recomendamos dividir os filtros de acordo com o grau de criticidade, para que seja mais fácil se concentrar nas deficiências mais significativas.

O que é otimização de conversão negativa?

Imagine a seguinte situação. Você acorda na sexta-feira de manhã, se sente bem, toma uma xícara de café a caminho do trabalho e consegue chegar ao escritório a tempo da reunião sobre as métricas de KPI.

Nesta semana, você está entusiasmado ao testar recentemente as novas técnicas de Otimização de Conversão (CRO) que dobraram sua eficiência na geração de leads. Sentindo-se como um verdadeiro herói, você mostra a seus colegas suas melhores práticas.

Qual é o problema das estratégias de CRO que não qualificam os leads – O fato é que, concentrando-se apenas no alcance dos indicadores desejados, você perde importantes fatores de qualidade e a qualificação de leads por e-mail é um bom exemplo disso.

Obviamente, sabemos que a cada novo campo no formulário, a conversão é reduzida em 33% ou mais. Mas essa fração de informações adicionais pode significar a diferença entre fechar um negócio e perder um cliente em potencial.

Para começar, considere a abordagem “tradicional” da otimização de conversões. Normalmente, essas estratégias visam aumentar a taxa de transferência entre os estágios do funil de vendas. Em outras palavras, você aumenta a CTR em 10% para atrair mais tráfego; 25% confirmaram formulários para obter mais leads; 8% de respostas por email para gerar mais SQL, etc.

Confie na otimização negativa – Por mais paradoxal que possa parecer, a essência das notícias negativas é reduzir os indicadores de vendas e marketing. Ou seja, em vez de quantidade, toda a ênfase está na qualidade, e você pode melhorar as métricas típicas, como leads gerados, e coisas mais específicas (tempo para atender um cliente, um indicador de fechamento de vendas).

Essas técnicas podem também ajudar você a conseguir diminuir as métricas tradicionais de vendas e marketing, mas, no final das contas, isso pode levar a um sério crescimento do lucro. Por exemplo, se você adicionar um novo campo a um formulário na liderança Landing, sua equipe de vendas será capaz de trabalhar apenas com lidami qualificado. A produtividade dos funcionários aumentará, porque os clientes mais interessados ​​responderão às suas solicitações. E, no final, o número de transações fechadas aumentará.

Uma nova visão para a assistência à saúde: par de óculos que mede níveis de glicose

Um grupo de pesquisa da universidade da Califórnia em São Diego, estão desenvolvendo um par de óculos capaz de medir os níveis sanguíneos de glicose, álcool e vitaminas, tendo como amostra biológica necessária apenas uma lágrima do paciente. Os dados então são enviados por bluetooth, para o computador ou celular. Uma das participantes deste trabalho foi a pesquisadora brasileira Laís Canniatti Brazaca, que participou da pesquisa quando ainda era uma doutoranda do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo, e, hoje, é pós-doutoranda no Instituto de Química de São Carlos.

O dispositivo funciona, pois, dentro da plaqueta dos óculos, é inserido um dispositivo micro fluídico e super hidrofóbico, que é modificado para cada enzima específica, então, se, por exemplo, o paciente deseja medir seus níveis de glicose, ele deve selecionar o tipo de medição que deseja realizar, inserir o dispositivo, contendo a enzima glicose-oxidase, na plaqueta dos óculos Ela também possui um bastão, com um produto sensível ao olho, para estimular a produção de lágrimas. Assim que a amostra biológica entrar em contato com o biossensor, presente nos óculos, a reação irá ocorrer, produzindo uma variação na corrente do eletrodo, e, então, os dados serão enviados, via bluetooth, para um dispositivo móvel facilitando a leitura dos resultados.

Considerando que as plaquetas dos óculos podem ser alteradas, possibilitando a leitura de mais de um analito biológico, as aplicações desta tecnologia são imensuráveis. A partir do momento que tenhamos uma enzima confiável para a detecção, a aplicabilidade é infinita. Hoje, apenas com as aplicações que citamos anteriormente, já existem milhões de pessoas no mundo que se beneficiariam do uso destes óculos, para o acompanhamento e a manutenção de suas condições clínicas, além de uma melhora considerável na qualidade de vida. Os diabéticos, por exemplo, não precisariam mais comprar os dispositivos invasivos que necessitam de um furo no dedo para obtenção de sangue para o teste, apenas com uma lágrima já teriam uma resposta confiável e segura de seus níveis glicêmicos para o tratamento.

Se você tem interesse em saber mais sobre notícias sobre este dispositivo, basta clicar no link

Apple volta a ser a marca mais valiosa do mundo

Notícias: no fim do ano passado, a Microsoft tirou a liderança da Apple e se tornou a empresa mais valiosa do planeta. Na época, a Microsoft tinha um valor de mercado de US$ 812 bilhões, antes US$ 811 bilhões da empresa de Steve Jobs.

É certo que essa diferença poderia gerar uma pequena mudança nas posições e foi isso que aconteceu. A Apple recuperou a liderança com a valorização nesses quase 12 meses. Hoje a Apple tem valor de mercado de US$ 1,098 trilhão, enquanto a Microsoft vale US$ 1,078 trilhão. Essa diferença de US$ 20 bilhões garantiu a hegemonia da empresa fundada por Steve Jobs.

A Apple também conquistou o título de marca mais valiosa do mundo, com avaliação de US$ 234,241 bilhões.

A disputa está acirrada também pela terceira posição. A Amazon está avaliada em US$ 874 bilhões e o Google em seguida com US$ 872 bilhões.

Microsoft

Os resultados financeiros da Microsoft também surpreendem. Os resultados financeiros referentes ao terceiro semestre de 2019 foram surpreendentes, chegando a receita de US$ 33,1 bilhões e lucro líquido de US$ 10,7 bilhões. Esse montante representa um crescimento de 21%, em relação ao mesmo período de 2018.

Os resultados são muito positivos, tendo em vista que as divisões Xbox e Surface se estagnaram no período. O destaque ficou com os setores de Produtividade e Processos de Negócios com receita de US $ 11,1 bilhões. Outras divisões como Office, Dynamics e Linkedln atingiram US $ 10,8 bilhões, (inclui produtos para servidores e serviços in cloud). A divisão de computação (Windows e Bing) renderam US $ 11,1 bilhões a Microsoft.

O que chama a atenção é o equilíbrio de faturamento entre as três divisões, com cada uma delas faturando cerca de US$ 11 bilhões. Isso denota que a diversidade de negócios é um ponto positivo para a empresa, o que a tornou mais equilibrada e a assegura contra possíveis crises financeiras.

O que esperar após as movimentações da economia chinesa, por Felipe Miranda, da Empiricus

O anúncio de superávit da balança comercial chinesa, no início de setembro de 2019 não foi bem recebido por investidores em todo o mundo, reporta o empresário da Empiricus, Felipe Miranda. Como modo de amenizar os impactos dessa ocorrência o governo chinês também anunciou que adotaria algumas medidas. Dessa maneira, o Banco Popular da China, que equivale ao Banco Central do Brasil, lançou uma série de incentivos, fazendo com que o mercado recobrasse o fôlego.

Se de um lado estavam as notícias vindas da China, que davam conta de um cenário bastante diverso do que se esperava, revelando índices de exportações menores do que em outros meses, de outro havia os Estados Unidos com dados que mostravam a taxa de emprego pequena para o mês. Isso fez com que se acendessem as expectativas sobre diminuição das taxas de juros de um número expressivo de países.

Miranda informa que, em decorrência de taxas menores de juro, há maior procura por produtos financeiros que não pagam rendimentos, os chamados “yields”. Um dos efeitos que se mostram como consequência disso é a subida do ouro, destaca o líder da Empiricus. Somente no primeiro semestre do ano, o Banco Popular da China alcançou a marca de acréscimo de 100 toneladas do metal às suas reservas. No último mês do período, o volume acumulado de ouro foi de 5,91 toneladas.

À frente da Empiricus desde o ano de 2009, quando a companhia começou a lançar informativos relacionados a orientações financeiras, Miranda ressalta que a compra de ouro há tempos é algo que os especialistas em mercado financeiro costumam recomendar. A indicação é de que se inicie o processo de aquisição antes que o metal atinja valores mais elevados. O executivo esclarece que esse tipo de aconselhamento se tornou uma espécie de tendência, apesar de já ser feito há algum tempo.

Sobre a SELIC, Miranda explica que, embora muitos agentes do mercado acreditassem que haveria uma pausa sobre a sua trajetória de cortes, isto não ocorreu. O executivo explica que essa expectativa ganhou força em razão das constantes subidas do dólar em 2019. O que os economistas esperam é que a moeda norte-americana experimente desaceleração futuramente, o que não exigiria que a Selic tomasse rumo diferente daquele que tem sido visto, noticia o co-fundador da Empiricus.

No início de setembro o índice que apura o risco-Brasil atingiu sua menor pontuação desde o início do ano, fechando em 124 pontos. Miranda enfatiza que este foi o menor valor apurado desde 2013, quando se verificou situação semelhante. O executivo da Empiricus também salientou que há certa disparidade entre os acontecimentos que são anunciados e o momento em que de fato ocorrem, tratando-se de algo natural dentro do mercado financeiro.

Mencionando uma tendência presente no comportamento de uma parcela dos investidores brasileiros, Miranda apontou que no país é comum que haja a compra de rendas fixas para se gerar capital. Outro ponto assinalado pelo empresário refere-se à compra de ações da bolsa com o intuito de se gerar rendimentos. Ele enfatiza, no entanto, a probabilidade de que os yields com valores acima de 6% possam se tornar obsoletos no futuro.

Campanha realizada no município de São Paulo alerta para o perigo das doenças renais

Responsáveis pela filtragem do sangue e eliminação das toxinas do organismo, os rins costumam ser lembrados apenas quando não cumprem bem suas funções. Nos casos em que há mau funcionamento persistente dos órgãos ocorrem as chamadas doenças renais crônicas, também conhecidas pela comunidade médica pela sigla “DRC”. Além disso, outras complicações de menores proporções também podem ocorrer quando não se dá a devida atenção à saúde dos órgãos.

As doenças renais podem atingir qualquer tipo de pessoa, ainda que esta não tenha um estilo de vida desregrado. Determinados grupos de indivíduos, contudo, apresentam maior propensão ao adoecimento desses órgãos. Pessoas que têm diabetes, são obesas ou ainda sofre com hipertensão correm, segundo a literatura médica, riscos maiores de complicações. As doenças renais crônicas são consideradas perigosas em virtude de não apresentarem sintomas em fases iniciais.

A cidade de São Paulo escolheu o dia 29 de agosto para a realização de uma campanha que visa conscientizar a população acerca da relevância de se prevenir este tipo de enfermidade. Trata-se do “Dia D da Diálise”. Dentre as atividades voltadas aos transeuntes, haverá uma série de palestras sobre o assunto, bem como a realização de alguns exames e a orientação por parte de profissionais especializados na saúde renal. Dois locais foram adotados para o evento: a área próxima ao Masp a estação Luz do Metrô.

Sob realização do ABCDT (Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante), a campanha de 2.019 recebeu a temática “Vidas importam”. Em 2.018 ocorreu a primeira edição do evento, em que mais de 40 municípios do país se engajaram na participação da campanha. Dentre os profissionais presente estiveram enfermeiros e médicos nefrologistas, ou seja, que são especializados na saúde dos rins.

A diálise se caracteriza por um processo que efetua as funções vitais dos rins em pacientes que tais órgãos apresentam funcionamento ineficiente. Um dos principais objetivos da campanha é alertar a população sobre meios de se diagnosticar precocemente doenças dessas naturezas, o que ofereceria alívio para as pessoas e diminuição do número de pacientes que necessitam passar por esse tipo de tratamento. Segundo notícias sobre o assunto, somente no território brasileiro mais de 120 mil pessoas precisam passar por diálise a fim de que possam sobreviver.

Saiba mais:

https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/saude/bem-estar/campanha-alerta-sobre-saude-renal-e-oferece-exames-gratuitos-em-sp,6d99ea3e4d5a27bfd974c2426bbacef5uwc2m5p6.html

 

Libra, criptomoeda do facebook

Libra, é viável investir? Conheça as mudanças no mercado digital e suas novidades!

A criptomoeda ou moeda digital, surgiu de forma misteriosa em uma lista de emails de criptografia em 2008 no qual foi liberado, alguns meses depois, o código aberto da moeda virtual, e desde então vem sendo valorizada no mercado digital.

No dia 18/08/2019, o presidente e diretor executivo do Facebook Mark Zuckerberg, anunciou a criação da Libra, nova moeda virtual para Facebook, com objetivo de tornar simples as transações e transferências financeiras pelos usuários da rede social, incluindo o WhatsApp e Instagram desta forma sendo possível atingir públicos que não estão satisfeitos pelo sistema bancário e terá lastro nas moedas de menor variação nos mercados financeiros, como o dólar e o euro. Esta moeda ainda não possui valor inicial anunciado.

O Bitcoin a moeda virtual mais popular estava avaliada em US$ 9.289,57 na segunda-feira dia 17/08/2019. Na sexta-feira do dia 21/08/2019, o Bitcoin ultrapassou os US$ 10.000 pela primeira vez no ano. Com isso a valorização acumulada do ano alcançou 150%. E mesmo após essa rápida disparada no preço a criptomoeda continua crescendo. Na segunda-feira na data 24/08/2019, o moeda já registrou uma valorização de 1,7% e está sendo cotado a U$10.922,42. No Brasil, seu preço é de R$41.723,64. A sua valorização se deve ao crescimento da sua demanda no mercado ,as políticas expansionistas de bancos centrais e o lançamento da Libra, a criptomoeda do Facebook.

A noticia da Libra gerou um tumulto entre os governos de vários países com preocupações em relação a como regular a criptomoeda, protegendo os direitos dos consumidores e evitando a lavagem de dinheiro. A empresa garante que a carteira digital será completamente paralela à rede social, afirmando que por ser independente do Facebook, não será possível acessar o vasto banco de dados da empresa.

E no decorrer do tempo, a moeda digital vem adquirindo seu espaço no mercado de forma dominante, atraindo a atenção de governos, empresas, e indivíduos interessados em realizar investimentos prevendo grandes retornos.

Vendas no comércio eletrônico dispararam no Dia dos Namorados de 2019

A Ebit Nielsen divulgou um levantamento apontando que os casais compraram mais pela internet do que em lojas físicas durante o período do Dia dos Namorados. De acordo com os dados divulgados pela empresa que analisa e mensura dados sobre o comércio eletrônico no país, houve um aumento significativo das vendas no comércio eletrônico durante o período, quando comparado com o ano de 2018. Neste ano, o comércio eletrônico registrou um aumento de 24% nas vendas online de presentes para o Dia dos Namorados.

Além do aumento das vendas no comércio eletrônico, o levantamento apontou que as vendas realizadas em lojas físicas apresentaram uma queda em comparação com 2018. Neste ano, a redução das vendas no varejo físico foi de 2,9%, que é considerado a maior retração dentro dos últimos dois anos para o período.

No ano passado, a greve dos caminhoneiros acabou abalando o comércio eletrônico diante das vendas no comércio. Por isso, o crescimento das vendas registrado neste ano é um reflexo da grande retração observada em 2018. Mesmo assim, o comércio eletrônico registrou um faturamento de R$ 2,2 bilhões no período do Dia dos Namorados. Quando comparado com 2018, esse crescimento nominal chega a 24%.

Neste ano, o tíquete médio dos produtos vendidos no comércio eletrônico apresentou uma variação negativa equivalente a 17%. Ainda assim, os números de pedidos durante o período aumentaram em 50% comparado ao mesmo período no ano passado, totalizando 5,7 milhões de pedidos nas lojas online.

Dentre as categorias que mais venderam no comércio eletrônico estão: perfumaria e cosméticos, com 19,9%; moda e acessórios, com 18,2%; casa e decoração, com 10,3%; eletrodomésticos, com 9,4%; informática, com 5,9%; telefonia e celulares, com 4,8%; esporte e lazer, com 4,1%; alimentos e bebidas, com 3,8%; eletrônicos, com 3,2%; e livros, com 3,1% das vendas realizadas durante o período do Dia dos Namorados.

O Serasa Experian também divulgou dados sobre as vendas no varejo físico de 2019 durante o período que vai de 6 a 12 de junho, alegando uma queda de 2,9% nas vendas em comparação com o ano passado. De acordo com as notícias divulgadas pelo Serasa, essa é a pior queda nos últimos dois anos.

Animações – como melhorar a aparência de uma página ou blog

O uso de animações em sites é uma das formas mais interessantes de diversificar a mensagem. As animações são usadas, entre outras, para criar sites, painéis de publicidade ou vídeos instrutivos. Neste guia, apresentaremos os princípios básicos de seu uso e suas aplicações mais comuns.

 

Provavelmente, os tipos mais comuns de animação nas páginas (ou pelo menos os mais visíveis) são os chamados Carrosséis e controles deslizantes, consistindo na alteração de fotos ou caixas com texto e anúncios gráficos animados. As animações também são animações, por exemplo, vídeos instrutivos mostrando os princípios de um programa. Também podemos criar um filme desse tipo para transmitir a oferta da empresa com mais facilidade, especialmente se não for o mais simples.

 

Em muitas situações, por exemplo, na venda de soluções online, notícias, as animações tornaram-se uma parte essencial da apresentação de software ou aplicativos. Por outro lado, colocar conteúdo animado em um site nem sempre é necessário. Este componente deve ser usado somente se tiver uma função específica ou servir ao propósito de atingir uma meta específica.

 

Por que usar animações no seu site? As animações atraem a atenção, permitem torná-lo mais atraente e melhoram a legibilidade do conteúdo. Seu uso se traduz de forma tangível em aumento de conversões.

 

Os filmes animados costumam ser usados ​​para apresentar um processo complicado – neste caso, animações adequadamente preparadas e planejadas podem ajudar os destinatários a entender os princípios de ação que queremos apresentar, e a forma de apresentar mensagens na forma de animaçõesatrairá sua atenção por mais tempo. Assim, temos uma chance maior de que o usuário leia o conteúdo e tome a ação esperada, por exemplo, compre um produto na oferta promocional, preencha o formulário, deixe seu e-mail.

 

Sliders são cada vez mais encontrados nas páginas iniciais. Lojas online, start-ups e pequenas empresas gostam particularmente delas. Eles são um ponto de vista interessante para os olhos, atraem a atenção do espectador e são mais frequentemente usados ​​para comunicar campanhas promocionais atuais ou para apresentar um novo produto em oferta.

 

Ao criar controles deslizantes, vale a pena prestar atenção ao fato de que o conteúdo era um texto comum inserido no código da página – isso é de grande importância para sua indexação pelos mecanismos de pesquisa.